Caixa defende aumento do limite para compra de imóveis com o FGTS

A proposta é de que o limite seja elevado de R$ 500 mil para R$ 750 mil, disse o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda.

BRASÍLIA – O presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, defendeu nesta quarta-feira, 20, a elevação no limite para compra de imóveis com recursos do FGTS, que está em R$ 500 mil. “A Caixa acha que é importante que a gente reveja sim. O potencial no Brasil para crédito imobiliário é muito grande, podemos chegar 10% do PIB em curto espaço de tempo. É importante que se tenha incentivo para isso. O ministro Guido Mantega já conversou com os bancos e lidera essa discussão”, afirmou.

Há expectativa de que o limite seja elevado de R$ 500 mil para R$ 750 mil.

Caixa

 Durante lançamento de um datacenter em conjunto com o Banco do Brasil, Hereda disse ainda que as duas instituições têm conversado muito sobre integração nas áreas de infraestrutura e logística. “O BB e a Caixa têm muito que economizar em questão de compartilhamento. Desde segurança e transporte de valores até outras questões, como suprimentos de materiais. Estamos conversando com o pessoal de operações do BB para ampliar essa experiência”, afirmou. As duas instituições já compartilham terminais eletrônicos e datacenter.

Juros

Hereda também afirmou que a instituição avalia que a taxa básica de juros seguirá no patamar de 7,25% ao ano ainda por um tempo. “Nas nossas projeções, o aumento da taxa básica não está tão próximo assim. O mercado está precificando isso, mas a Caixa não está. E isso não está mexendo com a captação da gente”, afirmou. Ou seja, a Caixa não trabalha com possibilidade de alta da Selic em curto espaço de tempo.

Hereda disse ainda que a possibilidade de nova redução dos juros praticados pelo banco, depois dos cortes realizados desde abril do ano passado, vai depender de ganhos de eficiência e produtividade. O presidente da Caixa disse ainda que a instituição terá sempre “as melhores taxas do mercado, seja em que ambiente for”.

Fonte: Estadão (20/03/13)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s