Vendas de imóveis em SP crescem 45% em 2013

Lançamentos e vendas voltaram a surpreender em agosto, aponta pesquisa do Secovi-SP.

O mercado imobiliário paulistano tem destoado dos outros setores da economia e crescido muito acima das expectativas em 2013.

Para se ter uma ideia, as vendas de imóveis na cidade de São Paulo entre os meses de janeiro e agosto deste ano registraram uma alta de 45,8% em relação ao mesmo período de 2012, segundo a última pesquisa do Secovi-SP (sindicato da habitação).

De acordo com o levantamento, foram vendidas 22.638 unidades nos primeiros oito meses de 2013, ante os 15.530 imóveis comercializados no mesmo intervalo do ano passado.

Somente no último mês de agosto, a pesquisa mostrou que houve um crescimento de 86,2% nas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram vendidas 3.464 unidades em agosto de 2013 ante as 1.860 unidades negociadas em agosto de 2012.

Já em relação ao mês anterior (julho de 2013), quando foram vendidos 1.674 imóveis, houve um aumento de 106,9%.

A entidade apontou ainda que esta quantidade representou o terceiro maior volume de vendas para o mês desde 2004. Apenas nos meses de agosto de 2008 e 2009 o volume foi maior, quando 4.146 e 3.578 unidades foram comercializadas, respectivamente.

“O acesso ao crédito imobiliário, o crescimento do PIB no segundo trimestre de 2013, a taxa de desocupação de 5,3% em agosto, aliada ao aumento da renda média do brasileiro e ao bônus demográfico que insere milhares de pessoas na demanda por moradia, são fatores que contribuem para embasar os números apurados pela pesquisa”, avaliou o presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes, via nota.


Apenas em agosto deste ano, foram lançadas 2.875 unidades, aumento de 104,9% em relação a julho.

Já o valor negociado, medido pelo VGV (Valor Global de Vendas) atualizado pelo INCC-DI, atingiu no mês R$ 1.552,3 milhões, volume 80,4% superior ao registrado em julho (R$ 860,6 milhões) e 47% maior que o apurado em agosto de 2012 (R$ 1.055,7 milhões).

O segmento de dois dormitórios, com 44,4% (10.048 unidades) do total comercializado foi o grande destaque do mercado nesses oito meses de 2013.

Lançamentos

Também foi registrada uma alta no número de lançamentos. Segundo dados da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudo de Patrimônio), foram lançadas 18.261 unidades até o oitavo mês deste ano, um aumento de 39,1% ante mesmo período de 2012, quando foram construídos 13.127 imóveis.

Apenas em agosto deste ano, foram lançadas 2.875 unidades, aumento de 104,9% em relação a julho deste ano (1.403 unidades) e de 38,4% na comparação com o mês de agosto de 2012, quando foram lançadas 2.078 unidades.

“A explicação para o bom momento são os lançamentos de produtos que atendem à demanda por novas moradias e com valores que cabem no bolso do consumidor”, completou Bernardes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s