Preço do metro quadrado encerra 2013 com alta de quase 14%, aponta FipeZap

Segundo pesquisa, os valores médios do m2 em dezembro ficaram entre R$ 9.937 (Rio de Janeiro) e R$ 3.820 (Vila Velha).

Mesmo com a grande oferta de imóveis encontrada no mercado brasileiro em 2013, os preços do metro quadrado não sofreram impacto e mostraram que ainda têm muita força para crescer no país.

Segundo o Índice FipeZap do mês de dezembro, divulgado nesta segunda-feira, os valores dos imóveis no Brasil encerraram o ano passado com uma alta de 13,7% em relação a 2012.

São Paulo finalizou o ano com uma valorização nos preços acima da média nacional; na capital paulista, o aumento foi de 13,9% (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

A marca mostra como a evolução dos preços tem sido contínua, já que o aumento atingido é praticamente o mesmo registrado no acumulado do ano retrasado, que anotou crescimento de 14% sobre 2011.

A pesquisa, que acompanha o preço médio do m2 de apartamentos prontos em 16 municípios brasileiros com base em anúncios da internet, apresentou ainda que, com exceção de Brasília, as demais cidades tiveram aumentos maiores do que a inflação medida no mesmo período.

As altas no acumulado do ano variaram entre 9,5% (em São Bernardo do Campo) e 37,3% (em Curitiba), enquanto o IPCA (inflação oficial) previsto para 2013, segundo o boletim Focus do Banco Central, é de 5,7%.

“Esses números foram impulsionados pelo mercado de trabalho. No Rio de Janeiro, por exemplo, a renda cresceu 12% no mesmo período, enquanto em Porto Alegre subiu 15% e São Paulo, 6%. Então, isso ainda explica essa resiliência do mercado imobiliário no país. Mas, fica a pergunta: até quando o mercado de trabalho vai aguentar?”, analisou Eduardo Zylberstajn, coordenador do FipeZap, em entrevista ao portal ZAP Imóveis.

A variação dos preços no último mês do ano passado foi de 1% em relação a novembro. No entanto, é a menor alta desde maio de 2013, quando os valores também subiram um ponto percentual. Antes disso, somente o primeiro trimestre havia crescido menos: 0,9%.

Enquanto houve cidades com uma desaceleração nos preços, outras tiveram altas. É uma sazonalidade natural de um mês para o outro”, completou Zylberstajn.

Dois dos mercados imobiliários mais fortes do país, São Paulo e Rio de Janeiro finalizaram o ano com valorizações acima da média nacional. A capital paulista registrou aumento de 13,9%, enquanto a cidade do Estado vizinho anotou 15,2% de alta.

Ainda segundo a pesquisa, os valores médios do m2 em dezembro ficaram entre R$ 9.937 (Rio de Janeiro) e R$ 3.820 (Vila Velha). Em São Paulo foi de R$ 7.815 e a média das 16 cidades foi de R$ 7.303.

Bairros – Em São Paulo, os imóveis mais caros estão localizados nos bairros da Vila NovaConceição e Jardim Paulistano, na zona sul da capital, com média de R$ 13.599 e R$ 12.818 por m², respectivamente.
O distrito de Artur Alvim (zona leste) permaneceu com os preços mais acessíveis: R$ 3.456.

Já no Rio, o bairro mais valorizado continuou sendo o Leblon (o metro quadrado custa R$ 21.963), pouco acima de Ipanema (com R$ 19.818). Em contrapartida, a região da Pavuna contou, mais uma vez, com o menor custo: R$ 2.203.

 Fonte:  Zap Imóveis (06/01/2013).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s