O momento de iniciar o processo de construção ou reforma demanda alguns investimentos e certos cuidados que, sem atenção, acarretam atrasos e falhas na execução. Como começar, qual profissional contratar, o que ele faz e como ele cobra, são perguntas bastante comuns no início desse processo. O que era privilégio de poucos, já está mais acessível.
arquiteta
A escolha
Nesse sentido, escolher o profissional não é tarefa simples. Prefira a indicação de amigos, mas se não dispuser dessa colaboração, leve em conta algumas questões: você se identifica com o trabalho do arquiteto? Peça para ver trabalhos em andamento ou prontos. Observe as soluções dadas, combinações e execuções. Atente aos detalhes e determine se o estilo lhe agrada.
Há diversos motivos para se contratar um arquiteto. Veja:
  • – Ele é o profissional tecnicamente capacitado para solucionar os problemas da obra, desenvolvendo os ambientes de maneira a aperfeiçoa-los.
  • – É ele o responsável pelo projeto arquitetônico, conceito central da obra, alcançando soluções que se adaptem ao espaço e às necessidades especificar de cada cliente, apresentando diversas alternativas de configurações e custos.
  • – Em reformas é o responsável pela avaliação da estrutura a ser mantida e a ser removida e em obras novas, seu papel é iniciado já na escolha do terreno.
  • – É o mais indicado para calcular o que pode ser feito com intuito de aproveitar o espaço da melhor forma.
  • – É capaz de avaliar o que será usado com relação à adequação e quantidade de material e planejar a compra, resultando em economia no custo final.
  • – O planejamento é crucial para não precisar lidar com erros, que geram maiores despesas que as previstas.
  • – A obra com projeto desenvolvido por arquiteto é mais econômica. Por exemplo: instalações elétricas e hidráulicas demandam atenção e quando são feitas sem muito cuidado, geram muitas dores de cabeça aos moradores. Com a previsão dessas instalações, feitas pelo arquiteto, problemas como esse são evitados.
  • – No cronograma do arquiteto consta a ordem dos serviços. Isso faz com que um trabalho não leve a refazer o outro.
  • – Além disso, no contrato, o arquiteto prevê a garantia contra vazamentos ou erros de instalações.

Serviço

planejamento

Há várias formas de cobrar por estes serviços. A mais comum é por porcentagem dos gastos: por metro quadrado ou por valor fixo que parte de tabelas que verificam a quantidade de horas-homem necessárias para o projeto. Os valores costumam variar entre 5% a 10% do valor a ser gasto, que é estimado previamente, partindo da área planejada para a futura residência e do custo por metro quadrado a ser aplicado na primeira estimativa feita.

Este percentual pode variar de acordo com o profissional, o tamanho e a complexidade do projeto. No entanto, é costume que projetos maiores custem menos – percentualmente – que projetos menores.

Fonte: http://www.leroymerlin.com.br/
Posted by:caiovital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.