Pró cotista O ano de 2015 vem sendo desafiador para o mercado imobiliário. Depois dos anúncios de aumento das taxas de juros nos dois principais bancos públicos, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil (responsáveis por 70% dos financiamentos), o setor passou a ter impactos negativos do crédito mais caro.

Para aliviar um pouco esses efeitos foi lançado um novo pacote pelo governo federal onde os  bancos tiveram a liberação de 22,5 bilhões de reais para seren no financiamento imobiliário.

Um dos pontos de destaque do programa foi financiamento imobiliário Pró-Cotista do FGTS. Com 4,2 bilhões de reais liberados, o modelo tem uma política de juros mais agressiva, não há limite de renda familiar e permite financiar uma total maior dos imóveis com valor até 400 mil reais.

As mudanças nos juros são significativas. Na CEF, por exemplo, a taxa de juros do Pró-Cotista fica entre 7,8% a 8,5% ao ano, valor bem mais baixo do que o financiamento tradicional (que ia de 9% a 9,45% com as mudanças anunciadas no fim do ano passado).

Sob as novas regras, o correntista pode financiar até 90% do valor do seu imóvel pelo Pró-Cotista no Banco do Brasil e até 80% na Caixa Econômica.

Quem pode utliizar pró-cotista ?

– Você precisa ter conta vinculada ao FGTS por mais de três anos (na mesma empresa ou não)

– Você não pode ter outro financiamento habitacional e não pode ser proprietário de imóvel na cidade em que mora ou vizinhas.

– Além disso, o seu saldo deve ser na sua conta vinculada com o FGTS de, no mínimo, 10% do valor do imóvel.

Posted by:caiovital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.