Carta de crédito imobiliário ? Entenda como Funciona!

moc%cc%a7a-pronta

O que é uma Carta de Crédito

É um documento utilizado por consumidores que desejam comprar algum bem. O instrumento não se restringe apenas aos negócios imobiliários.

No Brasil, este mecanismo financeiro é utilizado, por exemplo, no mercado de consórcio. Neste caso, o cliente contemplado recebe uma carta no valor do bem e vai adquiri-lo por conta própria.

A carta de crédito é emitida por um banco, chamado na operação de “banco emissor”. Ela é a garantia que o “solicitante” da carta tem uma determinada quantia de dinheiro disponível para realizar a transação. Para usar este crédito o solicitante tem um prazo fixo definido no instrumento.

Atenção: muitas pessoas negociam cartas de crédito no mercado paralelo. Não recomendamos que você negocie neste mercado, mas caso você decida fazer assim, tenha sempre muita atenção neste tipo de transação, porque existe muita falsificação neste segmento. Não acreditem em dinheiro fácil, as oportunidades que parecem boas demais para serem verdades são a porta de entrada dos golpes. Por isso, cerque-se de profissionais qualificados e reconhecidos no mercado para obter informação e orientação.

O que é uma Carta de Crédito Imobiliário

No caso específico da carta de crédito imobiliário, ela pode ser usada para comprar ou para reformar um imóvel. Adicionalmente, pode também ser utilizada para a compra de material com objetivo de reformar ou construir.

Como obter a Carta de Crédito Imobiliário para comprar um imóvel

O primeiro passo neste caso é escolher o banco onde você vai solicitar a emissão da carta de crédito, que será o mesmo banco no qual você vai pagar as prestações referentes a este empréstimo.

A principal dica aqui é pesquisar: visite vários bancos e converse com os gerentes. As taxas de juros cobradas e as taxas administrativas variam de banco para banco. Assim, investir tempo em uma pesquisa pode efetivamente significar uma redução na dívida que vai contratar.

Se você pretende “adquirir” uma carta por consórcio, a dica da pesquisa é igualmente importante. Compare os planos e as suas taxas administrativas. Este tipo de negocio nunca deve ser realizado de forma impulsiva.
O processo para entrar com o pedido varia um pouco de acordo com cada instituição financeira. De maneira geral, a documentação necessária envolve seus documentos pessoais, documentação para comprovação de renda e também documentação referente ao imóvel.

Ter uma carta de crédito na mão no momento da compra do imóvel pode facilitar inclusive o processo de negociação. Para o vendedor do imóvel a carta é a garantia que o comprador tem crédito disponível no banco e assim efetivamente pode realizar a compra desejada. Adicionalmente, do ponto de vista do vendedor, o tempo de recebimento do dinheiro é quase como um pagamento à vista.

Durante o processo de compra, assim como em outras modalidades de financiamento, o banco emissor vai entrar no fechamento da operação de compra, porque o imóvel comprado com a carta permanece hipotecado até que você pague todas as prestações contratuais.

Fonte:  Viva Real/ Blog /http://www.vivareal.com.br/

Anúncios

Você sabe reconhecer um imóvel de alto padrão?

post-2
Quando se fala em imóveis de alto padrão, é comum vir à mente as mansões construídas em áreas grandes e com muito espaço. Mas, já existe no mercado imobiliário espaços menores, mas que não perdem em qualidade.

Diante de tantas ofertas, localidades e com o crescimento das cidades, como reconhecer um imóvel de alto padrão?

Fique atento e saiba reconhecer se o imóvel que lhe é apresentado se enquadra na categoria de alto padrão. Para isso, confira os principais requisitos:

Localização: um imóvel só pode ser considerado de alto padrão se estiver localizado com outros bairros como ele ao redor. Então, o bairro é um fator muito importante para se determinar um imóvel como alto padrão.

Acabamento: o material utilizado nas construções, por exemplo, também é levado em consideração na hora de tornar um imóvel especial. Os materiais preferidos dos clientes classe A são o mármore importado e madeiras nobres.

Área de Lazer: se o imóvel ficar dentro de um prédio ou condomínio, este item é geralmente levado muito em consideração e precisa ser analisado.

Serviços e opções : Os condomínios de apartamentos de alto padrão oferecem regalias exclusivas, como spas, academias completas, salas de cinema e piscina com raia aquecida. Identificar esses detalhes uma forma de diferenciar o imóvel de alto padrão dos demais.

Tecnologia: A automatização, que é uma exclusividade que torna o imóvel luxuoso e garante mais praticidade aos proprietários, é um procedimento de preço elevado visto somente em imóveis de alto padrão.

Metragem: ao contrário do que parece,  este não é um parâmetro fundamental na hora de classificar um imóvel como alto padrão. Se formos pensar que algumas regiões muito bem localizadas e valorizadas já não têm tantos terrenos grandes, os mesmos imóveis podem manter o padrão em uma área menor sem comprometer sua valorização.

Arquitetura: se o imóvel foi projetado por um arquiteto que se destaca nesse mercado, pode ajudar a defini-lo como de alto padrão e o mesmo ganha alguns números a mais na hora da venda.

Vale lembrar, que você deve estar sempre atento ao mercado e não comprar um imóvel pela questão da realização de um sonho, mas também como um investimento que pode ser renegociado no futuro, levando sempre a um bom negócio.

Hoje os clientes de casas, apartamentos ou condomínios fechados, já não são mais somente casais maduros como antigamente, mas jovens executivos bem posicionados profissionalmente.  E independente da idade, todos eles procuram além de uma ótima localização e serviços, bom atendimento, segurança e principalmente exclusividade.

Fonte: CAIO VITAL –  Corretor de imóveis /CRECI 97967

Fale conosco:

 E-mail: imoveis.caiovital@gmail.com  

  Whatsapp: 16 98115 2550. 

Marca d' agua