sinal de pagamento, também chamado de “entrada para reserva” ou arras, é um pagamento inicial que o comprador deve realizar a fim de assegurar a entrega de um produto ou a prestação de um serviço em transações de alto valor, como a compra de um imóvel.

Depois de muita procura e pesquisa, você finalmente encontra o imóvel sonhado, aquele descrito em seus sonhos! Mas, como garantir o negócio e sua segurança? É aqui que entra o sinal. Previsto pelo Código Civil brasileiro, a arras, como também é chamado o sinal, é a garantia de firmar-se o negócio e fazer com que o contrato seja cumprido. Aqui, é importante a presença de um corretor habilitado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI ). É ele quem vai intermediar a negociação, conduzindo a situação e equilibrando o interesse do vendedor e comprador.

O sinal não é obrigatório, mas é uma forma de garantir o negócio. O valor do sinal geralmente varia de 5% a 20% do valor do negócio. É importante esse sinal, porque ele dá certa garantia ao proprietário de que o negócio será fechado em algum momento. Já para o comprador, é a segurança de que o imóvel será reservado a ele. E quanto maior for esse sinal, mais vantagens o comprador terá na negociação.

O valor do sinal é calculado para garantir possíveis custos e despesas, tanto do comprador quanto do vendedor no caso de desistência do negócio. Por isso, o valor dado nas arras não é devolvido ao comprador. A cláusula de arrependimento, presente no sinal de negócio, estabelece que se uma das partes não cumprir o contrato, não caberá ao comprador e nem ao vendedor o pedido de indenização suplementar a título de perdas e danos.

Vale ressaltar que, o sinal não indica propriamente uma entrada no pagamento do imóvel. O sinal pode ser abatido no valor da compra, desde que isso seja descrito em contrato, e mostra a intenção de aquisição do imóvel e a venda dele. O valor é colocado em uma conta bancária até que a oferta feita seja concretizada. Já a entrada nada mais é do que primeira parcela para quitação do valor a se pagar ou restante do pagamento.

 É essencial que as partes envolvidas no negócio estejam cientes da finalidade do sinal e, principalmente, quais os riscos que o comprador estará assumindo caso desista da compra. Por todas essas questões é fundamental a presença do corretor ou de uma imobiliária em todo o processo. Desta forma, todos saem ganhando.

Publicado por:caiovital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.